Amigos do Blogger.

Visitantes.

12 de julho de 2016

Saudade

Hoje a saudade apertou, lembrei do seu amor,
Do seu jeito envolvente, envolvendo meu corpo carente.
Lembrei do seu olhar, do poder que ele exercia sobre o meu ser.
Saudades mil, mágicas lembranças,
Intensos momentos que vivenciamos,
E tão romanticamente nos amamos,
Ao som de canções, sob a luz do luar.
Até parecia que éramos únicos, que ninguém mais, nada mais existia...
Como se debaixo dos céus, só houvessem, eu e você...
Feitos um para o outro, almas gêmeas...
Mas... nos deixamos levar pela realidade, onde outras pessoas, outras coisas existem, e sem sentir nos distanciamos...
E do nosso amor, só sobrou a saudade, e essas lágrimas que insistem em cair dos meus olhos...
Gotas do nosso amor.
                     
Nanda Olliveh
                                              

Marcadores.

Poema (197) Frase poética (60) Meus Textos (16) Conto (11)

Translate.

Minha lista de blogs.